Futuro: Aethra Group investe e se molda para a Indústria 4.0

conexaocapa19.jpg

Nem barulho, nem faíscas. Robôs em sincronia operam com precisão. Se prevê um erro, o sistema faz um setup automático, altera parâmetros dos controladores ou agenda uma manutenção. Empregados acompanham o processo a distância, em telas de computadores, em tempo real. Na linha, a interação entre homem e máquina é de cooperação e harmonia.

Este é o cenário de uma indústria automotiva 4.0 e suas fábricas inteligentes. Graças à internet das coisas (IOT), as máquinas, que antes apenas respondiam a comandos externos, agora são capazes de reunir informações, processá-las e interagir com outras máquinas, sem intervenção humana. Esse sistema que se forma é capaz de tomar decisões autônomas, tornando mais eficientes as etapas de produção. Essa é a realidade de algumas indústrias no exterior e que começa a chegar ao Brasil.

Movida pela inovação, a Aethra prevê se tornar 4.0 em três anos e, neste momento, volta seus esforços para preparar seus empregados. "A indústria 4.0 vai requerer um trabalho mais elaborado, com habilidades técnicas e interpessoais específicas. Optamos por preparar nossos empregados, em vez de buscar no mercado, pois eles já conhecem a nossa realidade e a nossa cultura e, capacitados, serão fundamentais para a empresa ingressar nesta nova era", explica a diretora de RH da empresa, Daniela Chaves.

Atualmente, a Aethra roda quatro programas de atualização e preparação de mão de obra e trabalha em outro específico de formação para a indústria 4.0. Todos idealizados pela empresa e a maioria aplicada com recursos internos. O conteúdo de todos os cursos é multidisciplinar e inclui tecnologia, engenharia, programação, automação, simulação, gestão e inovação, além de módulos comportamentais e de segurança do trabalho.

Cerca de 250 empregados estão envolvidos em cursos oferecidos internamente pela empresa até o momento. A proposta é abranger todas as unidades.

Após ter frequentado por quase cinco meses o curso de Atualização em Ferramentaria – idealizado em parceria com a FCA –, Igor Rodrigues da Silva, Ferramenteiro da Tec, conta que adquiriu uma visão geral dos processos com os quais lida diariamente. "Não tinha noção sobre a simulação de projetos, por exemplo. E hoje vejo que, sem essa etapa, o risco de incompatibilidade entre a operação e a montagem das peças aumenta."Hoje entendo todo o fluxo. "Sei o que fazem a engenharia, o planejamento e a qualidade. Nenhum projeto parte do papel; é tudo digitalizado, com tecnologia de ponta do início ao fim".

Alessandro Magno Barcelos, condutor de Processos Industriais na Thera, é outro que se capacitou. Depois de passar pelo curso de Formação de Liderança, ele percebeu que está mais apto a estar à frente de sua equipe, composta atualmente por 15 pessoas. "Me abri ao diálogo e hoje estou mais capacitado a repassar informações. Aperfeiçoei meus métodos de gestão."



SOCIAL
ÁREA RESTRITA
WEBMAIL
EXTRANET
PORTAL DO FORNECEDOR
AETHRA
SISTEMAS AUTOMOTIVOS S.A.
Av. Centauro 234, Jardim Riacho das Pedras
32.242-000, Contagem, MG
BRASIL
Tel. +55 31 3045-9199